Enchente: Governador Casagrande visita Barra de São Francisco e Nova Venécia

Casagrande-300x201O Governador do Espírito Santo Renato Casagrande juntamente com seu Vice-Governador Givaldo Vieira estiveram nesta sexta-feira, 27 de dezembro de 2013, em visita ao município de Barra de São Francisco, acompanhados do Deputado Estadual Theodorico Ferraço e o coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Carlos Marcelo D’Isep Costa.

Após sobrevoar o município francisquense e ver os estragos deixados pelas cheias que atingiu a cidade, o Governador e sua comitiva pousaram o helicóptero no campo de futebol do Condomínio Nova Barra (Vaquejada), onde foi recebido pelo Comandante do 11Batalhão, Tenente Coronel Edmilson Batista Santos.

O Governador percorreu os bairros Campo Novo, Irmãos Fernandes e o Centro da cidade, em seguida prosseguiu até o antigo Colégio Santa Terezinha, onde funcionam algumas secretarias da prefeitura e também onde se encontra algumas famílias desabrigadas.

Nova VenéciaDe Barra de São Francisco o governador e sua comitiva seguiram para Nova Venécia. Lá se reuniram

no plenário da Câmara Municipal com autoridades políticas, comerciantes, empresários, representantes de Sindicatos. Na reunião foram discutidos  a realidade dos prejuízos provocados pelas perdas das instalações públicas e privadas, causadas pelas intensas chuvas.

Um o

fício elaborado pelo executivo a ser entregue ao governador reivindica: reconstrução da passarela destruída sobre o Rio Cricaré; calçamento de ruas; construção de pontes e bueiros no interior, com destaque para a ponte de São Gonçalo; contratação de horas máquinas para recuperação de estradas e ruas; construção de unidades habitacionais e construção de comportas e passarela no Rio Cricaré, na represa próxima ao Casarão, entre outras.

Já os comerciantes e empresários reivindicam: parcelamento do ICMS dos períodos de apuração de dezembro/2013 a maio/2014 em 12 parcelas, sendo a primeira parcela com vencimento no mês de junho de 2014; linha de crédito junto ao Banestes e Bandes com juros subsidiados e prazo de carência, especificamente para aquisição de equipamentos, reforma e capital de giro das empresas que tiveram prejuízos com a enchente; isenção de impostos nas perdas de estoque ocasionadas pela enchente; solicitar junto ao Governo Federal para que cada trabalhador residente no município de Nova Venécia possa sacar uma parte do seu FGTS; solicitar junto ao Governo Federal postergação no pagamento dos impostos federais, inclusive o simples nacional, entre outras.

Após sobrevoar a região metropolitana de Vitória (ES) para avaliar o estrago provocado por uma semana de chuvas intensas, que já deixaram mais de 46 mil desabrigados, a presidente Dilma Rousseff reeditou na manhã desta terça-feira (24), a promessa de liberação de R$ 600 milhões, em recursos do PAC, para o Espirito Santo. 

Sobre o Autor

escreveu 2527 notícias neste portal.

© 2010 - Desenvolvido por Webmundo Solucoes Web - Todos Direitos Reservados.